Você está aqui: HomeNotícias › Notícia completa
12/01/2018 às 13:46
Aluno da FAACZ desenvolve projeto para pavimentação de ruas

Competindo com mais de 1,2 mil propostas de empreendimentos no Programa Sinapse da Inovação – Conexão Espírito Santo, Fabricio Soares de Oliveira, aluno de Engenharia Civil da FAACZ, emplacou no 31º lugar o seu projeto “Uso de GRITS (resíduo da fabricação de celulose) em pavimentos urbanos”, entre asideias inovadorasaprovadas para seremcontempladas com subvenção do Governo do Estado, por meio da Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Espírito Santo (Fapes), e ele receberá R$ 46.500,00.

 

A equipe composta por engenheiros civis e técnicos em estradas é coordenada por Fabrício Soares de Oliveira, tendo como consultores Daniel Pereira Silva e Adair José Magalhães, e colaborador Renan Bozzi Spinassé, e será capacitadaem instituição conceituada internacionalmente, além de realizar visitas às empresas de melhores práticas quanto à disposição final de resíduos sólidos industriais no Brasil e no exterior. O produto será estocadocom apoio da Fibria, prefeitura e Serpenge, para poder obter aprovação no mercado da Engenharia Civil.

 

Fabricio explicou que decidiu participar do Sinapse da Inovação depois de participar de uma palestra sobre Inovação ministrada pelo professor Harerton Dourado, que é coordenador dos cursos de Engenharia da FAACZ, durante reunião promovida pela Associação Movimento Empresarial Aracruz (AMEAR).

 

O que é?

O GRITS é uma alternativa econômica para substituir a brita e o cimento nas camadas do pavimento urbano, apresentando características geotécnicas excelentes. A matéria prima deverá ser disponibilizada pela Fibria, que não reaproveita esse resíduo industrial. A equipe quer levar à prefeitura e governo estadual a proposta de parceria para a execução de um estudo de laboratório e posteriormente em trecho experimental para comprovação de sua viabilidade em campo (técnica) e financeira (redução de gastos), uma vez que a Fibria lança esse material em células de aterro industrial. O objetivo futuro é utilizar o GRITS em escala comercial na pavimentação urbana, proporcionando alta qualidade e baixos custos. O GRITS é capaz de estabilizar camadas de pavimentos quando misturado com solos em seu leito natural nas vias de terra, com baixo investimento e alta qualidade ao pavimento.

Veja mais sobre Cidades [+ notícias]

Edição da Semana

Coluna
Beth Vervloet

Confira aqui as notícias da sociedade e as fotos de quem é notícia em Aracruz e região.

Fórum do Leitor

Entre e deixe o seu comentario em nosso livro de visitas!