Você está aqui: HomeNotícias › Notícia completa
21/04/2017 às 07:11
Carta Fabril assina Ordem de Serviço para fábrica em Aracruz

Com os licenciamentos ambientais em dia – o que atrasou a obra em dois anos – a Carta Fabril assina no próximo dia 9, às 10h, em Barra do Riacho, a ordem de serviço o início das obras de sua unidade industrial, no km 25 da rodovia Aracruz a Barra do Riacho. Será a terceira fábrica de papéis sanitários (tissue) do grupo no Brasil (as outras são em Tribobó, no Rio de Janeiro, e Anápolis, em Goiás). A unidade de Aracruz fabricará bobinas de papel (Jumbo Rolls) utilizando a celulose de fibra curta como matéria-prima.

 

A indústria terá 16 máquinas de fabricação de papel produzindo cerca de um milhão de toneladas/ano. O projeto prevê a contratação de empresas e fornecedores para 55 mil m² de pavimentação asfáltica ou similar, 21 mil m² de pisos e lajes, 18 mil m² de coberturas para as edificações, aquisição de 1,2 mil toneladas de ferragens e 11 mil m³ para estruturas e pisos, de acordo com o projeto original.

 

Para a montagem da máquina de papel haverá necessidade de compras de 300 toneladas de tubulações, 160 motores elétricos e 25 mil metros de cabos elétricos. A maior demanda de contratações será para os fornecedores de equipamentos, tubulação, materiais elétricos e de instrumentação.

 

O início das atividades estava previsto para junho de 2015, produzindo 120 mil toneladas de papel do tipo tissue (sanitário) por ano, gerando 400 empregos diretos até 2020. Entre as necessidades e demandas por bens e serviços do projeto, bem como os contatos para se cadastrar e participar do fornecimento, estão empresas da indústria de base capixaba, incluindo micro, pequenas e médias dos setores de fabricação, montagem e manutenção industrial, construção civil leve e pesada, engenharia e gerenciamento de projetos, automação, tecnologia da informação, comércio e serviços em geral.

 

A Unidade Aracruz da Carta Fabril será especializada na fabricação de papéis higiênicos, toalhas de cozinha, toalhas sanitárias, guardanapos de diversos tamanhos, toalhas e bobinas hospitalares e lenços de papel, produtos que serão feitos com fibra curta de eucalipto, sendo a única a fabricar os produtos, no Brasil, com esta matéria-prima. A Licença de Instalação (LI) foi concedida na gestão do prefeito Marcelo Coelho.

Veja mais sobre Economia [+ notícias]

Edição da Semana

Coluna
Beth Vervloet

Confira aqui as notícias da sociedade e as fotos de quem é notícia em Aracruz e região.

Fórum do Leitor

Entre e deixe o seu comentario em nosso livro de visitas!