Você está aqui: HomeNotícias › Notícia completa
23/02/2018 às 09:09
Aracruz e Fundão sobem no mapa do turismo brasileiro

DADOS SÃO DOS ANOS DE 2015 E 2016

 

O Ministério do Turismo (MTur) divulgou a atualização do relatório que categoriza os municípios que compõem o Mapa do Turismo Brasileiro. Dos 78 municípios capixabas, 62 conseguiram entrar no mapa e 15, entre eles Aracruz e Fundão, tiveram crescimento econômico, subindo da categoria ‘C’ para a ‘B’.O município de Aracruz melhorou o seu desempenho, de acordo com os dados coletados nos anos de 2015 e 2016, quando o prefeito era Marcelo Coelho, subindo para a categoria “B”.

 

Segundo o Ministério do Turismo, os valores a serem destinados às cidades pertencentes ao mapa vão de acordo com as categorias, que se dividem de “A” a “E”. Quem está situado na categoria “E” ainda não pode receber o recurso. Na “D” podem ser destinados R$ 150 mil por ano. Na “C” até R$ 400 mil por ano, não podendo exceder R$ 200 mil por convênio. Na categoria “B”, da qual Aracruz passa a fazer parte, são destinados R$ 500 mil por ano, não podendo exceder R$ 250 mil por convênio. Já na categoria “A”, são fornecidos R$ 800 mil por ano, não podendo exceder R$ 400 mil por convênio.

 

O dia 31 de maio de 2017 foi o prazo final para que o Estado e municípios enviassem as informações para a elaboração do Mapa do Turismo Brasileiro, que agora passa a ser atualizado a cada dois anos, levando em conta os dados coletados nos dois anos anteriores, neste caso 2016 e 2015, quando Marcelo Coelho era o prefeito de Aracruz.

 

De forma errada, a atual administração de Aracruz inseriu no seu site que a atualização foi realizada neste mês, quando no site do Ministério do Turismo consta que foi em junho do ano passado, levando em conta os dois anos anteriores. O ranking leva em conta o número de empregos ofertados por meio do turismo, ampliado os estabelecimentos formais de hospedagem ou o fluxo de turistas nacionais e internacionais.

 

O Ministério de Turismo utiliza esse mapa para a destinação de recursos a serem utilizados na infraestrutura dos municípios, e assim investir na construção e reformas de rodovias, ferrovias, terminais rodoviários (intermunicipais e interestaduais), terminais fluviais, além de sinalizações, tudo voltado para o interesse turístico, ou seja, dar mais condições para o município receber os turistas com conforto e segurança. Para chegar a esses resultados são levados em consideração quesitos como o número de empregos gerados, o número de estabelecimentos formais e de hospedagem e o fluxo de turistas considerados domésticos e internacionais, tudo isso pela ação do turismo.

Veja mais sobre Turismo [+ notícias]

Edição da Semana

Coluna
Beth Vervloet

Confira aqui as notícias da sociedade e as fotos de quem é notícia em Aracruz e região.

Fórum do Leitor

Entre e deixe o seu comentario em nosso livro de visitas!